Sunday

Um cigarro depois de um banho de água quente, ainda sabe melhor. A gélida, perfeita e branca aparência da lua provoca arrepios no coração, que bate devagarinho. 
tem sabor a vida - sussurrava-me a alma ; não faças tanto fumo - alertava a mente. 
E o corpo sorria-lhe ironicamente, tirando mais 3 cigarros do Marlboro novinho em folha. As estrelas cintilavam a cada sopro do vento, desenhando formas engraçadas por de trás dos ramos nus das árvores. O gira discos tocava yiruma aos meus ouvidos, absorvendo-me do apitar frustrado dos carros na rua. 
as noites de inverno - dizia eu - são mais belas quando enubladas por mim. 
E então matei o último cigarro. 

 

10 comments:

Aurora said...

adorei<3

nicolemorais said...

oh meu amor, está lindo! não devias fumar <3

Sofia ☮ said...

gostei mesmo!

elise said...

está tããooo lindo!

MARIANNE said...

que lindo, este e todos os outros posts que tive oportunidade de ler.
vou seguir-te.

Sorrisinhos said...

Gostei :)

Francisca. said...

adorei :)
sigo.

Joana Filipa said...

está lindo princesa!
tal como todos os outros textos que escreves.

may. said...

ainda bem que voltaste <3

life. said...

gostei muito! sigo (: